Skip to content

Wish You Were Here – Final – A pena é: Será “Exposto À Luz”

21/02/2012


As faixas de Wish You Were Here são as seguintes:

1 Shine On You Crazy Diamond (Partes de 1 a 5)
2 Welcome To The Machine
3 Have A Cigar
4 Wish You Were Here
5 Shine On You Crazy Diamond (Partes de 6 a 9)

De cara o ouvinte é convidado a uma visão do inferno na suíte “Shine On”: a viagem recomeça após o passeio no trem “The Dark Side”. Shine On You Crazy Diamond é uma obra-prima instrumental do Pink Floyd com alguns dos melhores solos de Gilmour e certamente uma das letras mais emotivas de Roger Waters: a canção é uma referência a Syd Barret. A música – dividida em nove partes, 5 no lado A e 4 no lado B, recria a atmosfera de Echoes sem deixar de ser autêntica. Dá pra ouvir na bateria a pegada de One Of These Days pouco antes da entrada de Welcome To The Machine e os strings de Wright completam o arranjo de forma soberba.

“Welcome To The Machine” soa como as boas-vindas ao sinistro mudo do sucesso e da fama: uma crítica à própria banda após o bem-aventurado The Dark Side Of The Moon. Os sintetizadores comem solto logo no fade in e a sensação é de estarmos diante de enormes vagões de carga que vão partir em sua viagem de destino duvidoso, e a carga somos nós. No contexto da obra, essa faixa, vindo logo após o lamento pelo ocorrido com Barret, também não deixa de ser um lamento paradoxal pelo que aconteceu aos outros membros da banda. A música termina com a subida de um elevador que nos leva para uma festa bem movimentada – pode-se ouvir várias pessoas conversando, mas não há barulho de taças, copos ou garrafas, o que significa que…

“Have a Cigar” é o convite para uma conversa de negócios com empresários que elogiam a banda e perguntam “Quem é o Pink?” Porra!!!! “Quem é o Pink?”??? Trata-se de uma crítica contundente à indústria fonográfica e sua máquina de moer carne que virá à tona novamente em Animals e The Wall. O clima funk invade sua rádio com o Pink Floyd detonando tudo. Até Richard Wright entra na dança e desafia Gilmour com seus teclados. Tudo vai bem até que o volume diminui drasticamente e alguém muda a rádio:

“Wish You Were Here”, a música que puxa o álbum, é uma pungente homenagem a Syd Barrett. É sem dúvida A MÚSICA MAIS OUVIDA DO PINK FLOYD, e também a mais tocada em covers. Posso dizer por experiência própria, que dá pra tocar essa música um milhão de vezes sem enjoar, e ela sempre causa um reação muito positiva na platéia ou em quem estiver ouvindo, pode ser num churrasco, num bar ou na esquina do cemitério: todo mundo gosta.

“Shine On You Crazy Diamond (Partes de 6 a 9) é o “Le Gran Finale” daquele que muitos consideram a  verdadeira masterpiece do Pink Floyd. “Shine On” é tecnicamente uma Echoes que foi dividida em duas partes; a primeira parte abre o álbum e a segunda fecha-o de forma melancólica – como acontece em quase todos os álbuns da banda – anunciando que se o Diamante Maluco não enviar um sinal de localização que permita seu resgate, ele será “…exposto à luz…” e acabará julgado e condenado como o personagem do filme The Wall em “The Trial”, quando o muro que o protege do mundo exterior é derrubado e a luz (enganosa) da realidade o atinge como um raio.

A manhã está bela, mas os pássaros pararam de cantar e os cães estão latindo. Vou ver o que está acontecendo.

Abraços Progressivos,

Tupi

Veja mais em: https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/02/06/pink-floyd-wish-you-were-here-1975-parte-i/
https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/02/07/pink-floyd-wish-you-were-here-1975-parte-2/
https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/02/08/pink-floyd-wish-you-were-here-1975-parte-3/

Anúncios

From → Pink Floyd

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: