Skip to content

Pink Floyd – Animals – 1977 – Dogs

11/03/2012

Dogs tem uma estrutura A-B-A-C. Interessante, não?
Ela ( a música ) termina com uma explosão de associações apocalípticas
semelhante a Eclipse, do The Dark Side.
Instrumentalmente, é a obra mais perfeita do Pink Floyd.
As conversas entre as sessões e os instrumentos são tão boas
que me lembram os bons tempos das grandes bandas de jazz.
As harmonias não mudaram muito depois de Wish You Were Here,
mas os efeitos especiais para imitar vozes de animais na guitarra são fantásticos!
Dogs – assim como todo o álbum – tem uma letra espetacular, ( caso contrário,
só a parte instrumental já daria um excelente álbum ), e sugiro a sua leitura
ao som da música.
Já  estou até vendo sua expressão de “Ahhh…” rsrsrsrs.
Vá com calma prezado(a) leitor(a), enquanto mergulha no mundo
sombrio da realidade ao seu redor. O conteúdo lírico dessa obra é bem filosófico.

Cães

Você precisa estar louco,
Você precisa ter uma necessidade real,
Você precisa dormir em pé,
E quando você estiver na rua
Precisa ser capaz de pegar a presa fácil,
Com os olhos fechados!
E então mover-se silenciosamente,
Contra o vento e escondido,
Você tem que atacar no momento certo
Sem pensar!
E após algum tempo,
Você pode trabalhar seu estilo,
Como a gravata,
E um firme aperto de mão,
Um certo jeito de olhar,
E um sorriso fácil,
Você tem que ter a confiança, Das pessoas para quem você mente,
Para que quando elas estejam de costas
Você tenha a chance de esfaqueá-las!
Você precisa manter um olho,
Sempre olhando por cima do seu ombro,
Você sabe que ficará cada vez mais difícil,E mais dificil e mais difícil,
conforme vai envelhecendo.
É, e no fim arrumará as malas e,
Voará para o sul,
Esconder sua cabeça na areia:
Apenas outro velho triste e sozinho, Morrendo de câncer.

E quando você perder o controle,
Você colherá o que plantou.
E à medida que o medo cresce,
O sangue ruim azeda e vira pedra
E é tarde demais para largar o peso
Das coisas ao seu redor,
Então tenha um bom afogamento,
Enquanto você vai afundando sozinho,
Arrastado pra baixo pela pedra.
Eu tenho que admitir,
Que estou um pouco confuso
As vezes me parece,
Que estou sendo usado!
Preciso ficar acordado, e tentar sacudir e espantar
Esse mal-estar rastejante.
Se não estou pisando em meu próprio chão
Como poderei encontrar a saída deste labirinto?

Surdo, mudo e cego,
Você apenas continua fingindo
Que todos são dispensáveis
E ninguém teve um amigo de verdade
E parece que a melhor coisa a fazer
Seria isolar o vencedor
E tudo o que é feito sob o sol,
E você acredita de coração
que todos têm um assassino dentro de si.

Aquele nascido numa casa cheia de dor
Aquele que foi treinado para não cuspir no ventilador
Aquele que foi instruído pelo homem a agir
Aquele que foi quebrado por pessoal treinado
Aquele estava usando colarinhos e correntes,
Aquele que ganhou um tapinha nas costas
Aquele que andava fugindo da matilha
Aquele que era apenas um estranho em casa Aquele que foi finalmente moído
Aquele que foi encontrado morto ao telefone
Aquele que foi arrastado para o fundo
pela pedra
Aquele que foi arrastado para o fundo pela pedra.

Abraços Progressivos

Tupi

Mais em: https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/03/06/pink-floyd-animals-1977-pigs-on-the-wing/

https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/03/18/pink-floyd-animals-1977-pigs-three-different-ones/

https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/03/31/pink-floyd-animals-1977-sheep-final/

VEJA TAMBÉM:  https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/05/20/pink-floyd-the-wall-1979-goodbye-blue-sky/

Anúncios

From → Pink Floyd

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: