Skip to content

PInk Floyd – The Wall, 1979 – In The Flesh

04/05/2012

Na Carne

Então você,
Você pensou,
Que poderia gostar
de ir ao show.
Para sentir aquele arrepio morno e confuso
Que emana do cadete espacial
Eu tenho algumas notícias ruins para vocês, iluminados,
Pink não está bem, ele ficou no hotel
Por isso nos mandaram, como uma banda substituta
E nós vamos descobrir até onde vocês são verdadeiros fãs.
Temos esquisitos, no teatro, nesta noite?
Ponha-os contra o paredão!
Aquele no holofote, ele não me parece certo!
Ponha-o no paredão!
Aquele parece judeu!
E aquele é um negro!
Quem deixou toda essa escória entrar?
Tem um fumando maconha e outro picado!
Se fosse do meu jeito, seriam todos fuzilados!

Após uma breve introdução de When The Tigers Broke Free, In The Flesh é a letra de abertura de The Wall. O clima é completamente militar. Lembrando a crítica em Have A Cigar ( Wish You Were Here ), vejo In The Flesh como a platéia vista pelos empresários e managers: aqueles aos quais o músico dedica sua obra e chama de fãs, os empresários chamam de consumidores.

                             Abraços Progressivos!!!

                                                Tupi

Mais em:  https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/04/25/pink-floyd-the-wall/
https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/04/03/pink-floyd-the-wall-1979-skrik/
https://paintboxtalks.wordpress.com/2012/04/04/paintboxtalks-presents-the-wall-post-series

Anúncios

From → Movie, Pink Floyd

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: