Skip to content

Procol Harum – Procol’s Ninth – 1975

02/04/2013

Procol Harum Procol's Ninth

Procol’s Ninth é o oitavo álbum de estúdio do Procol Harum. Mas por que chama-se nono? Verdade, é uma pergunta pertinente. Antes de Ninth o Procol gravou um álbum ao vivo, portanto, na sequência, este é o nono álbum, gravado pela banda. Até aqui todos os álbuns continham inovações, mas o Ninth é totalmente desprovido de sutilezas e já prende a atenção na primeira faixa, Pandora’s Box, com características de música latina. A seguir vem Fool’s Gold (Ouro de Tolo), uma balada agitada e de conteúdo expressivo. Taking The Time, assim como as anteriores, tem um arranjo bem elaborado que passa pelo blues, ragtime, música de cabaré. The Unquiet Zone tem, sem dúvida, o melhor riff do álbum na pegada pesada do Procol Harum. Então vem um tango chamado The Final Trust. Tango? Bem, não exatamente, seria, vamos dizer, um pop rock tango. O Procol Harum queria dar um nó na cabeça dos fãs e incluiu dois covers no LP: um jazz chamado I Keep Forgetting – de Leiber/Stoller e Eight Days A Week, dos Beatles. Em Without A Doubt é a vez do reggae misturado com o rock do final dos anos 60 para depois mergulharmos numa experiência meio psicodélica/lírica em The Piper Tune. Typewriter Torment é o toque de humor negro do álbum. Meu primeiro contato com o Procol’s Ninth foi um festival de vai-e-volta da agulha sobre o bolachão de vinil. O álbum era bom, ótimo. Mas eu demorei muitos anos pra entender a intenção da banda. Para ser franco, não entendi até hoje. Creio que o Procol Harum, como quase toda banda e progressivo faz após algum tempo, tendeu para o fusion. Isso está claro nos vários estilos que aparecem saltitando nas canções, nos arranjos, nos metais, e na capa – uma foto da banda, só isso – unindo a simplicidade e a complexidade. He, he… mas e a Eight Days A Week dos Beatles? Que é que essa música tá fazendo aí? Pois é, os Beatles incentivaram e apoiaram a banda no início, por isso a simpatia pelos fabfour.

Faixas:Pandora’s Box,Fool’s Gold,Taking The Time,The Unquiet Zone,The Final Thrust,I Keep Forgetting,Without a Doubt,The Piper’s Tune,Typewriter Torment,Eight Days a Week

Formação da banda neste álbum: Chris Copping,Alan Cartwright,B.J. Wilson,Mick Grabham,Gary Brooker,Keith Reid

Ouro De Tolo (Fool’s Gold)

Eu estava duramente tentando ganhar/ salvar o mundo e ser o rei/ eu estava lá fora, na corrida/ tentando duramente forçar o passo/ Ouro de tolo me enganou também/ brilhante e reluzente, novinho em folha/ Ouro de tolo partiu meu coração/ brilhou tanto e depois se apagou

Eu estava trancado em amargos conflitos/ lutando contra monstros minha vida toda/ Quase pulei fora, queria quebrar a promessa/ forcei-me a cruzar o limite/ Ouro de tolo, amarga ferroada/ Promessa quebrada, coroa oca/ Ouro de tolo, lance o dardo/ Promessa quebrada, mentira vazia

Abraços Progressivos!!!

Tupi

Anúncios

From → Procol Harum

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: