Skip to content

A Encruzilhada – Parte 1

21/06/2013

A Encruzilhada C Crossroads

Crossroads, ou “A Encruzilhada”, é um filme de 1986, gravado em Mississipi e Nova Iorque, que conta parte da história do Blues. O filme conta as aventuras de Eugene Martone (Ralph Macchio) e Willie Brown (Joe Seneca), que caem na estrada, um querendo encontrar a canção perdida de Robert Johnson e o outro querendo salvar a própria alma – vendida ao Diabo (Robert Judd), que atende por Legba, em troca de fama e sucesso. A lenda diz que Robert Johnson – considerado o Pai do Blues – adquiriu sua incrível habilidade para tocar após um pacto com o Demônio. Ele não tocava bem, por mais que se esforçasse, e sumiu do mapa. De repente apareceu do nada, tocando guitarra (acústica) como se o instrumento fosse uma extensão de seus pensamentos.

A Encruzilhada D Gravação Texas

Sua obra está contida em dois volumes de gravações feitas no Texas, que foram lançados em LP, fita K7, e hoje encontram-se disponíveis em todos os tipos de mídia. Em “A Encruzilhada”, Martone, um jovem e talentoso aluno de violão clássico da Julliard está à procura da música perdida de Robert Johnson, já que na sessão de gravação do Texas, Robert deveria ter gravado 30 músicas, mas existiam apenas 29 faixas gravadas. Pesquisando, Martone chega a um colega de Johnson, Blind Dog Fulton. O “Cachorro Cego Fulton” seguira os passos de Roberto Johnson, vendendo sua alma em troca do dom de tocar harmonica como ninguém, mas ao invés da fama e sucesso, sua vida fora uma tragédia.

A Encruzilhada F Pacto Willie Brown

Após um assassinato – em legítima defesa – Blind Dog fora preso e agora passava sua velhice num asilo-prisão sob seu verdadeiro nome: Willie Brown. Para aproximar-se do velhinho, Eugene aceita um emprego de zelador no asilo, e quando convence Willie a contar-lhe sua verdadeira identidade, os dois fazem um acordo: Willie, antigo colega de Robert Johnson, entregará a Eugene a 30ª música de Robert em troca de ajuda para fugir do asilo e chegar a Fulton’s Point.

A Encruzilhada E Fulton's Point

Martone topa, e ambos caem na estrada pedindo carona e metendo-se em mil apuros.

A Encruzilhada G Caminhando Para Fultons Point

O que Martone não sabe, é que a velha raposa do blues o está logrando. A 30ª música não existe, Willie Brown não tem grana para a viagem e quer chegar a Fulton’s point para reencontrar o Demônio e reaver sua alma, uma vez que o trato não fora cumprido pelo maligno. Na estrada, com o velhinho experiente, Eugene começa a aprender as verdadeiras manhas do blues. Ele sofre por amor, dorme ao relento e toca na rua e em bares à beira de rodovias, para ganhar uns trocados e continuar a viagem. Aparecem nos diálogos os nomes de Son House e Charley Patton, enquanto Willie Brown tenta fazer Eugene entender que a essência do blues é o lamento do homem abandonado pela mulher que ama, num mundo de maus tratos, pobreza e racismo. “O blues não é nada além de um homem se sentindo mal, pensando na mulher que ele teve um dia”, diz Willie, quando o jovem Martone é abandonado por sua colega de estrada, Frances (Jami Gertz). Para os hobbos – caroneiros – não existe despedida. É nesse contexto que Martone deixa rolar seu primeiro blues verdadeiro, abandonado em um hoteleco de estrada numa manhã chuvosa.

A Encruzilhada H O Lamento de Eugene Martone

Clique no link abaixo para ver o lugar real onde Robert Johnson fez seu Pacto com o Demônio:

https://paintboxtalks.wordpress.com/2013/06/21/crossroads-veja-o-lugar-em-que-robert-johnson-fez-o-pacto/

Este post continua em: https://paintboxtalks.wordpress.com/2013/06/22/a-encruzilhada-parte-2-steve-vai-como-jack-butler/

Abraços Progressivos!!!

Tupi

A Encruzilhada Abertura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: