Skip to content

Queen – Hot Space – 1982

22/07/2013

Queen Hot Space cover

Em maio de 1982 o Queen lançou seu décimo álbum de estúdio, confirmando a tendência cada vez mais comercial da banda. HOT SPACE é um álbum para dançar que vendeu 5.000.000 de cópias e só atingiu primeiro lugar no Reino Unido com a canção Under Pressure porque a parceria com David Bowie conferiu um alto grau de originalidade ao single. Foi após esse álbum que me desinteressei completamente de ouvir o Queen: a banda passou a ser objeto de atenção das FMs da época, principalmente com a canção Las Palabras De Amor, uma rasgação de seda com algumas palavras em espanhol para massagear o ego do mercado musical latino-americano – ainda bem que não deu certo – mas vale lembrar que foi uma época difícil para todas as bandas de rock que prestavam. A virada dos anos 70 para os 80 foi um período de negação à música sofisticada, aos arranjos elaborados e às letras de conteúdo, foi a virada do punk rock – estilo musical dos anos 60 – que adotou a roupa preta dos beatniks adoradores boêmios da intelectualidade e do jazz das casas noturnas enfumaçadas da primeira metade da década de 60. Também foi o período da disco music e de muita porcaria, como bandas de um sucesso e músicas de duplo sentido que não valiam um centavo sequer. Toda essa merda só começaria a mudar depois que a New Wave – isso mesmo – sedimentasse, colorindo um pouco as ruas das grandes cidades – talvez as pessoas tenham começado a perceber aí que havíamos chegado ao fundo do poço. De qualquer forma, além de Under Pressure, há um outro grande momento do álbum que merece ser citado, que é o tributo a John Lennon, Life Is Real:

A Vida É Real (Canção Para Lennon)

Nódoas de culpa no meu divã/ Sangue em meus edifícios/ Coisas inacabadas no meu closet/ Sombras do meu passado/ A vida é Real/ A vida é tão Real/

Dormir é o meu lazer/ Acordar em um campo minado/ Sonhar em uma cúpula de prazer/ O amor é como uma roleta/ A vida é Real/ A vida é Real/

Sucesso é o que respiro/ Atraí isso para mim mesmo/ Darei o preço, receberei o pagamento/ posso levar ou deixar/ A solidão é o meu esconderijo/ Ela me alimenta/ O que mais posso dizer?/ Engoli a pílula mais amarga/ Posso sentir o gosto, posso sentir o gosto/ A vida é Real, a vida é Real/ A vida é de verdade/

A música será a minha amante/ Me amando como uma prostituta/ Lennon é um gênio/ Vivendo cada poro/ A vida é Real, a vida é Real/ A vida é Real, tão Real/

A vida é a vida cruel, a vida é uma puta/ A vida é tão Real/

A vida é Real, a vida é Real, oh yeah/ A vida é Real/

Faixas: Staying Power,Dancer,Back Chat,Body Language,Action This Day,Put Out the Fire,Life Is Real (Song for Lennon),Calling All Girls,Las Palabras de Amor (The Words of Love),Cool Cat,Under Pressure

Músicos: Freddie Mercury,Brian May,Roger Taylor,John Deacon,David Bowie,Arif Mardin,Reinhold Mack

Uma observação quanto à capa

Li alguns comentários sobre a capa do Hot Space ter influenciado capas de álbuns de outras bandas, inclusive do U2. Sou totalmente contrário a esse pensamento, porque a capa do Hot Space usa o mesmo conceito do álbum Let It Be, dos Beatles, de 1970.

Post anterior: https://paintboxtalks.wordpress.com/2013/07/19/queen-flash-gordon-1980/

Próximo do Queen: https://paintboxtalks.wordpress.com/2013/07/22/queen-works-1984/

Abraços Progressivos!!!

Tupi

Queen Hot Space back

Anúncios

From → Queen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: