Skip to content

O Coração Das Trevas – Joseph Conrad

19/08/2013

O Coração das Trevas 2

Quando o polonês Joseph Conrad escreveu “O Coração das Trevas” em 1902, jamais imaginou que seu romance seria sucesso de cinema 77 anos depois. O escritor conta, através de Marlow, o marinheiro em busca de aventura, sobre a ascensão e queda de um homem carismático, envolvente e ao mesmo tempo sombrio e excêntrico: o senhor Kurtz. O coração das trevas é o lugar em que Kurtz se embrenha para obter marfim, o artigo que é comercializado pela empresa para qual trabalha. Quanto mais longe vai nas profundezas da selva, usando métodos nada ortodoxos para obter o que quer, mais se envolve com as tribos nativas da região, tornando-se adorado como a um deus. Pouco a pouco Kurtz perde o contato com a civilização e passa a comportar-se como uma verdadeira divindade local. A companhia envia Marlow no comando de um navio à vapor, tripulado por canibais, para buscá-lo. Começa então uma viagem insólita, subindo por um rio sinuoso, cercado por densa vegetação, fome, doenças e morte, mergulhado em mistérios e neblina: um encontro com o horror! “O Coração Das Trevas” inspirou o filme Apocalypse Now(1979), de Francis Ford Copolla, com Martin Sheen,Marlon Brando,Robert Duvall,Frederic Forrest,Sam Bottoms,Laurence Fishburne,Albert Hall,Harrison Ford,Dennis Hopper. Na trilha sonora, Coopolla incluiu a música The End, de seu ex-colega de UCLA, Jim Morrison do The Doors.

Veja também: https://paintboxtalks.wordpress.com/2013/08/18/the-doors-1967-palavroes-parricidio-e-incesto-um-dos-500-grandes-albuns-de-todos-os-tempos/

Abraços Progressivos!!!

Tupi

Anúncios

From → Book, Movie

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: