Skip to content

Triumvirat – Mediterranean Tales: Across The Waters – Tradução Completa

15/06/2014

Mediterranean Tales

Triumvirat – Mediterranean Tales: Across The Waters – Tradução Completa

“Um triunvirato é uma associação política entre três homens (triúnviros) em pé de igualdade. A palavra triunvirato originou-se a partir de dois radicais do latim: trium- (três) e vir (homem). Ao longo da história ocorreram vários triunviratos, todos eles de pouca duração. Na história de Roma, quando ainda república, existiram dois triunviratos: Primeiro Triunvirato (59 a.C. – 53 a.C.), Júlio César, Pompeu (o Grande) e Marco Licínio Crasso (Crassus); Segundo Triunvirato (43 a.C. – 33 a.C.), Octaviano, Marco Antônio e Lépido.” – Wikipédia.

O Triumvirat é uma banda alemã de Rock Progressivo formada em 1969 por Jürgen Fritz (teclados e vocais), Hans Bathelt (bateria), e Werner  Frangenberg (baixo). Essa foi a formação inicial da banda, mas muitos outros músicos de talento passaram por ela. O Triumvirat e o ELP tiveram, praticamente, a mesma estrutura, ou seja, três músicos executando os mesmos instrumentos, mesma escola de rock, mas estilos diferentes. As bandas são contemporâneas e o Triumvirat já curtia o som do The Nice, quando surgiu o Emerson, Lake & Palmer, o que significa que nenhuma imitou a outra. As afinidades derivam das limitações a que estavam sujeitas e ao fato de os tecladistas trazerem a música clássica para dentro do trabalho do grupo.

Mediterranean Tales ou Contos Mediterrâneos é um excelente álbum de estréia, lançado em 1972, marcado por Mozart, fusion, e rock progressivo com todas as suas características de cinemática, faixas longas com influência da música clássica e sons incidentais. Nesse álbum participaram Hans Bathelt, na bateria e percussão; Jürgen Fritz – o band leader, nos teclados, sintetizador, percussão, e vocais; e Hans Pape, no baixo e nos vocais.

Faixas:

1 Across the Waters – a faixa de abertura é a mais longa com quase 17 minutos de duração, e divide-se em “Overture”, uma adaptação do trabalho de W. A. Mozart feita por J. Fritz; “Taxident” de Fritz e Bathelt; Mind Tripper, por Fritz; “5 O’Clock Tea” de Fritz e Bathelt; Satan’s Breakfast de Fritz; e “Underture”, mais uma adaptação de W. A. Mozart por J. Fritz. Como as adaptações de Mozart acabaram influenciando todo o clima do álbum, Mediterranean Tales é alegre, com poucos momentos de reflexão filosófica profunda e bastante agradável aos ouvidos e à alma.
2 “Eleven Kids”, de Fritz e Bathelt
3 “E Minor 5/9 Minor/5” de Fritz
4 “Broken Mirror” de Fritz

Tradução das letras de Mediterranean Tales

1 ACROSS THE WATERS

A – Overture – a “Abertura” é instrumental

B – Taxident – (The Acident dito por um bêbado?), por Fritz e Bathelt

Quando o inferno saiu de controle à meia-noite,/
a hora de morrer estava perto/
Línguas douradas, fogo desastroso/
aumentando o pavor entre os seres humanos/
O Som das orações a Deus se desvanecera/
não havia como escapar/
os corpos em chamas, e o deck lotado/
diziam que era tarde demais/

A morte pelo fogo, uma questão horrível/
mas eles ainda poderiam escolher/
Já que virariam cinzas,
por que não ficarem bêbados?/
Afinal, nada havia mesmo para se perder/

C – Mind Tripper – “Viajante Mental” – instrumental

D – 5 o’clock tea – Chá das Cinco, de Fritz/Bathelt

“Esteja em casa para o chá”,/
disse-me a Rainha/
quando eu estava saindo/
para ver os três que estavam ajoelhados/

Implorando misericórdia…/
foi tudo divertido/
o carrasco fez o que foi ensinado a fazer/
A morte tem um rosto/
É tudo grátis/

Ele tem que partir porque…/
mas para as correntes/
já não estarei mais aqui/
para essa cuidadosamente preparada execução/
parece-me que devo correr/
para minha distração absolutamente importante/

Pronta para o chá/
Ela me aguarda/
Atendeu o telefone/
e chorou ao desligar/
e terminar a briga/

Não temos tido prazer algum/
“Esteja em casa para o chá”,/
disse-me a Rainha/
quando eu estava saindo/
para ver que os três estão livres por pouco/
enquanto percorrem o caminho dos camarins/

E – Satan’s Breakfast – O Café da Manhã de Satã – instrumental

F – Underture – “Naufratura” – instrumental

2 ELEVEN KIDS (Fritz/Bathelt)
   Onze Garotos

Você pensou que assim como você, eu lhe amava/
mas eu estava mentindo/
e quando tudo acabou repentinamente/
o amor ainda luzia em seus olhos/

Arrume outro homem/
outro motoqueiro/
mas antes tenha certeza de que ele cheira bem/
e depois vá para a cama/

O restaurante fechou a porta/
mas, se bater deixarei entrar/
embora ainda me lembre/
de muitos lugares em que estivemos/

Por favor entenda/
que seu amor desceu pelo esgoto/
seus esforços nunca mudaram meu pensamento/
para mim foi tudo em vão/

Eu sabia, sempre que pensava em você/
como minha mulher com onze garotos/
(Eu aposto que se houvesse tentado, não teria funcionado)/

E MINOR 5/9 MINOR /5 – Instrumental

BROKEN MIRROR
Espelho Quebrado

Ouço suas passadas que açoitam o chão/
Gostaria de amá-la, babe/
Mas você não vai me dar mais/
Você não entende hoje/

Posso adivinhar que ao voltar de uma festa/
certamente encontro você nesta porta/
você não entende o rumo das coisas/

Dê-me uma chance de mostrar-lhe/
vou lhe dar mais do sei que possuo/
sem nenhum interesse/

Ouço suas passadas que açoitam o chão/
você luta com as chaves e está cansada de arrombar portas/
venha ter prazer, estou em sua cama/

Viver é o fim de viver/
não entender não é fracassar/
Viver é algo que eles nunca viram/
lutar por algo que nunca serão/

Procuro uma maneira de escrever minha sinfonia/
I’m looking for the way to write my symphony
Atuaizando o vocabulário todos podemos acentuar o clima miserável/
Este é o tempo da vergonha/

Queria poder curtir a possibilidade de voar para longe de tudo/
de tudo o que me afasta da verdade dos fatos/
de tudo que nunca foi confrontado com minha razão/

Durante a audição você vai perceber que há alguns backing vocais muito maneiros, coisas que o Pink Floyd só faria aparecer no ano seguinte, 1973, em seu álbum The Dark Side Of The Moon. A capa do álbum foi idealizada pela Electrola Art Studio.

Mediterranean Tales 2

Próximo:

https://paintboxtalks.wordpress.com/2014/06/21/illusions-on-a-double-dimple-triumvirat-1974-traducao-completa/

Abraços Progressivos!!!

Tupi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: