Skip to content

Old Loves Die Hard 1976 Triumvirat Tradução Completa

13/07/2014

OLD LOVES DIE HARD 1

Old Loves Die Hard TRIUMVIRAT 1976 Tradução Completa

O quarto álbum do Triumvirat levou quatro meses para ser gravado, mas a banda conseguiu um excelente resultado. “Old Loves Die Hard” ficou em primeiro lugar em Portugal e rendeu à banda um disco de ouro. Na Alemanha não foi diferente e o álbum foi premiado no German Record Award no início de 1977. No ano de seu lançamento, 1976, este álbum ficou com a modesta 85ª posição da Billboard, mas foi relançado em CD oito vezes, desde 1996. Na letra de “I Believe”  a banda já deixa transparecer as controvérsias advindas do sucesso – os reflexos sobre a vida pessoal, a questão da mudança de valores que vem com a fama – e aqui podemos ouvir um dos mais belos solos de teclado da história do rock. Old Loves Die Hard é um trabalho mais acessível, e com arranjos menos rebuscados do que Illusions on a Double Dimple. Jurgen Fritz deixou sua marca registrada nos anais do rock progressivo através de suas interpretações ao piano, neste álbum. O arranjo de “A Day In A Life” é ousado, audacioso e empolgante. Como não se trata de um álbum conceitual, apesar de progressivo, a música envolve o ouvinte de uma forma diferente do que acontece em Spartacus, em que o clima de tensão aumenta até o final; em Old Loves há uma alternância de altos e baixos, maremotos e calmarias, enquanto as canções falam de personagens de histórias de amor e tragédias sentimentais, crises existenciais e escolhas.
“Old Loves Die Hard” foi produzido e arranjado por Jürgen Fritz e gravado e mixado em Cologne, Alemanha, entre 5 de janeiro e 6 de abril de 1976. Em I Believe está presente a atuação do The Colognee Kinder Choir (cordas) e  Charly Schlimbach tocou sax em “A Day in a Life”.

OLD LOVES DIE HARD 2

Músicos:

Barry Palmer – Vocais
Dick Frangenberg – Baixo
Hans Bathelt – Percussão e bateria
Jürgen Fritz – Todos os teclados

Faixas:

1 I Believe (Jürgen Fritz, Hans Bathelt)
2 A Day in a Life (Jürgen Fritz)
a) Uranus’ Dawn
b) Pisces at Noon
c) Panorama Dusk
3 The History of Mystery (Part 1 Jürgen Fritz/Hans Bathelt/Barry Palmer)
4 The History of Mystery (Part 2 Jürgen Fritz/Hans Bathelt/Barry Palmer)
5 A Cold Old Worried Lady (Jürgen Fritz/Barry Palmer)
6 Panic on Fifth Avenue (Jürgen Fritz)
7 Old Loves Die Hard (Jürgen Fritz)

Letras:

1 Eu Acredito (I Believe – Jürgen Fritz/Hans Bathelt)

Eu vendi a minha alma para o Rock and Roll/
e nunca a terei de volta/
embora minhas gravações se transformem em ouro/

Você diz que também se vendeu/
trabalhando cinco dias por semana/
naqueles infernais empregos de 9 horas por dia/

É a maneira como um jogador pensa/
Eu me arrisco por ouro, e você fica são e salvo/

Mas eu acredito, que nós conseguiremos/
Deixar os anos ruins para trás/
Sim, eu acredito, que pegaremos o que é nosso/
Seguindo em frente pelo portal do tempo/

Nunca encontro tempo/
para fazer as coisas que planejo/
Só consigo decidir o que é certo/

Você tem o futuro nas mãos/
Promoção em Julho/
Aquelas secretárias sob seu comando/

Você pode ter sua satisfação/
com sua esposa e filhos em casa/

Mas eu acredito, que nós conseguiremos/
Deixar os anos ruins para trás/
Sim, eu acredito, que pegaremos o que é nosso/
Seguindo em frente pelo portal do tempo/

Dinheiro, dinheiro, dinheiro!/

Faz a roda da fortuna girar/
pego minhas fatias do bolo/
e você pega suas migalhas do chão/
Boa sorte é algo de que precisamos/
tentamos mantê-la perto de nós/
para que possamos atingir nossos objetivos/

É a maneira como um jogador pensa/
Eu me arrisco por ouro, e você fica são e salvo/

OS FÃS:
NÓS ACREDITAMOS QUE VOCÊS CONSEGUIRÃO/
DEIXAR OS ANOS RUINS PARA TRÁS/

Sim, eu acredito, que pegaremos o que é nosso/
Seguindo em frente pelo portal do tempo/

Sim, eu acredito, que pegaremos o que é nosso/
Seguindo em frente pelo portal do tempo/

Dinheiro, dinheiro, dinheiro!/
vivo!/

Faz a roda da fortuna girar/
pego minhas fatias do bolo/
e você pega suas migalhas do chão/
Boa sorte é algo de que precisamos/
tentamos mantê-la perto de nós/
para que possamos atingir nossos objetivos/

É a maneira como um jogador pensa/
Eu me arrisco por ouro, e você fica são e salvo/

OS FÃS:
NÓS ACREDITAMOS QUE VOCÊS CONSEGUIRÃO/
DEIXAR OS ANOS RUINS PARA TRÁS/

Sim, eu acredito, que pegaremos o que é nosso/
Seguindo em frente pelo portal do tempo/

Mas eu acredito, que nós conseguiremos/
Deixar os anos ruins para trás/

2 Um Dia Numa Vida (A Day in a Life – Jürgen Fritz)

Triumvirat Old Loves Die Hard 3

3 A História Do Mistério (The History of Mystery – Jürgen Fritz/Hans Bathelt/Barry Palmer)

Dê-me a chance/
de olhar através da minha razão/
Perdendo meu tempo/
minha juventude?/
Terei perdido minha fé/
no que acreditávamos?/
As respostas perdidas, cada uma/

Agressão dentro da minha cabeça/
é normal, disse-me meu médico/
Meu herói é uma arma carregada/
funciona, é mortalmente engraçado/
Nosso professor usa uma faca afiada/
para proteger suas crianças e sua esposa/
O ódio do século XX/
Rejeita a presença do amor em nós/

O último programa educacional/
ensina às crianças que Hitler foi um tolo/
e já vamos pelo mesmo caminho dele/
O comércio de assassinatos, as armas, as ferramentas/
Nenhum país nunca começou a briga/
estão apenas se defendendo, dizem eles/
Em casa, sentamos e assistimos as notícias/
Surprêsa! Hoje ninguém foi morto!/

Se as leis estão divididas por classes/
Se a justiça é o jogo dos ricos/
Então quem defende as massas pobres/
Um advogado de nome desconhecido?/
Você bate na esposa, paga fiança/
Rouba um carro, seis meses de cadeia/
E ainda assim a violência aumenta/
como um dos maiores males da humanidade/

Não me pergunte a resposta/
minha cabeça está confusa/
Não faz diferença como você vota/
é melhor ficar na cama/
Uma barriga vazia faz você pensar/
um bife ou dois podem salvar o dia/
Então afogue suas mágoas no seu drink/
Não há mesmo muito mais que se possa fazer/

5 Uma Senhora Fria E Preocupada (A Cold Old Worried Lady – Jürgen Fritz/Barry Palmer)

Uma Senhora Fria E Preocupada/
pegou minha mão hoje/
Avisou sobre as trevas, o julgamento iminente/
Eu ri, e a mandei embora/

Então, quando ela fechou o portão do meu jardim/
virou-se e me olhou/
Nada foi dito, mas por dentro/
eu fiquei um pouco assustado/

Sozinho em minha casa vazia/
pensei nas palavras dela/
predizendo coisas ruins, acho que devia ser louca/
ainda hoje penso que nunca devia tê-la ouvido/

Enquanto sombras invadem meu quarto/
penso sobre meu passado/
os erros que cometi, dívidas que nunca paguei/
Serei um barco sem mastro?/

Sei que nem sempre estive errado/
mas nem sem pre fui correto/
porque quando ser gentil significa ficar para trás/
tudo é questão de escolha entre branco e preto/

Todo mundo aceita o que está vindo/
e é o que eu mereço/
eu ainda seria cruel, pois é da minha vontade/
mas eu nunca, nunca tive coragem para isso/

Sou um corpo vazio e solitário/
um cérebro fraco e gasto/
então ficarei aqui dentro, escondido nesse lugar seguro/
e nunca encararei o mundo de novo/

Não há mais nada pelo que viver?/
Nada mais?/
É uma dor insana quando sua vida é em vão/
Ficarei contente quando a minha acabar/

Acho que usarei minha pistola/
ou cem pílulas coloridas/
embora não saiba como, realmente penso nisso agora/
Tentarei qualquer coisa, qualquer coisa que realmente mate/

Deus, uma forte fantasia/
Deveria ser trancado em sua cabeça/
Agora não há dor, mas posso explicar/
Por que desejo, queria não estar morto/

Uma Senhora Fria E Preocupada/
pegou minha mão hoje/
Avisou sobre as trevas, o julgamento iminente/
Eu ri, e a mandei embora/

6 Pânico na 5ª Avenida (Panic on 5th Avenue – Jürgen Fritz)

OLD LOVES DIE HARD 4

7 Antigos Amores Não Morrem Fácil (Old Loves Die Hard – Jürgen Fritz)

Encontrar um amigo/
para pagar um drink não é fácil/
Mais difícil ainda é/
separar os bons daqueles que fedem/

Para conseguir fazer isso você leva anos/
às vezes assustado, às vezes com lágrimas/
você entenderá que você ainda é o mesmo/
e aqueles perdidos são os culpados/

Antigos Amores Não Morrem Fácil/
E não posso fazer nada/
Isso está me destruindo/

Então o que sobrou pra você/
é curar as cicatrizes de ódio/
parece inútil tentar/
ensinar novos truques a um cachorro velho/

Se o amor parece um crime/
e amar é dançar, enganar é legal/
Deixe-me entender, pois vou pular fora/
Odeio odiar, quero amar/

Antigos Amores Não Morrem Fácil/
E não posso fazer nada/
Isso está me destruindo/

Antigos Amores Não Morrem Fácil/
Estão longe de serem bons/
e só são bons de longe/

Você desenvolveu um medíocre enfarto/
tentando encontrar uma pista do que é certo ou errado/
Uma simples palavra às vezes é mais efetiva/
Para fixar um ponto de vista/
que poderia transformar sua fraqueza em força/

Antigos Amores Não Morrem Fácil/
E não posso fazer nada/
Isso está me destruindo/

Antigos Amores Não Morrem Fácil/
Estão longe de serem bons/
e só são bons de longe/

Não esconda seu coração/
Um novo amor vai começar/

Abraços Progressivos!!!

Tupi

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: