Pular para o conteúdo

ZEN GUITARRA E CAFEÍNA – MÁRCIO OKAYAMA

20/05/2020

MÁRCIO OKAYAMA ZEN GUITARRA E CAFEÍNA

ZEN GUITARRA E CAFEÍNA – MARCIO OKAYAMA

Muitos músicos e bandas de diversas escolas e estilos flertaram com o rock
progressivo. De fato, o rock é um estilo musical muito versátil. A mescla com
o erudito, a música clássica, a world music, são apenas alguns exemplos.
Assim chegamos a um tópico que eu queria abordar há muito tempo e para isso
vou indicar alguns links do site do Zen, Guitarra & Cafeína do guitarrista,
professor e produtor (apenas alguns atributos) Márcio Okayama. Vou citar
algumas curiosidades sobre guitarristas famosos e em seguida disponibilizo o
link que leva direto ao respectivo vídeo do youtube no Zen, Guitarra &
Cafeína. Você também pode ir direto para o site clicando no link à esquerda
da página.

Eric Clapton, guitarrista, cantor e compositor britânico apelidado de
Slowhand ficou famoso tocando rock e blues. É muito lembrado por seu trabalho
solo e por sua participação no Cream – considerado o primeiro Power Trio da
história – e na banda Yardbirds.Além disso há uma participação fantástica de
Clapton no álbum The pros And Cons of HitchHiking, de 1984, do Roger Waters.

A Elegância Atemporal de Eric Clapton

Um dos grandes impactos que me fez ver que haviam outros guitarristas além do
David Gilmour foi ouvir o solo de Ritchie Blackmore na faixa Catch The
Rainbow do álbum Ritchie Blackmore’s Rainbow. Ainda mais impressionante é
saber que tanto Ritchie Blackmore (Deep Purple, Rainbow) como Steve Howe
(Yes) e Tony Iommi (Black Sabbath) tiveram influência de DJANGO REINHARDT, um
guitarrista de jazz inovador, nascido na Bélgica em 1910 e que ajudou a criar
o estilo Gypsy Jazz.

Django Reinhardt O maior Herói da guitarra

Agora imagine Eddie Van Halen tocando um cover do YES. Vai ficar bem mais
fácil digerir a faixa 1984 (os irmãos Halen estudaram música clássica
também).

A Gênese do Van Halen

Santana, guitarrista mexicano que tocou em Woodstock e tem um estilo
inconfundível com sua guitarra latina, gravou com John McLaughlin e
consagrou-se no rock, no jazz e no fusion. Vale a pena conferir seu álbum
CARAVANSERAI.

Carlos Santana O Shaman da Guitarra

Jimi Hendrix dispensa qualquer descrição. Basta dizer que nunca será
superado. Seus três primeiros álbuns são obras-primas recheadas de
experimentalismo e psicodelia – Are You Experienced; Axis: Bold As Love; e
Electric Ladyland. Ouça pelo menos o último.

Hendrix O Shaman das seis cordas

Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin. O Led fez várias expêriencias
mesclando o metal até com samba. Mas aqui estou me referindo à faixa No
Quarter do álbum Houses of the Holy. Além disso, Page usava muitas vezes
afinações abertas que o levaram para muito além do puro heavy metal.

Jimmy Page O alquimista das seis cordas

Pode-se dizer que sem os Beatles o rock progressivo provavelmente não
chegaria tão longe. Os Beatles apoiaram o Procol Harum e elogiaram o Pink
Floyd. Além de gravarem álbuns como Revolver e Sgt. Pepper’s.

John Lennon

George Harrison

Pete Townshend, guitarrista do The Who. Até a banda pesadíssima e
literalmente destruidora The Who tem um lado singularmente harmonioso. Isso
está demonstrado no álbum QUADROPHENIA, nas faixas I Am the Sea e Love Reign
Over Me (para mim, o melhor desempenho de Daltrey até hoje)

Pete Townshend e seus Power Chords

Frank Zappa. Difícil dizer… Zappa é um estilo. É um capítulo do livro Rock
Progressivo de Valdir Montanari.

O gênio iconoclasta do século XX

RITCHIE BLACHMORE, já citado por CATCH THE RAINBOW.

Ritchie Balckmore e a gênese da guitarra neoclássica

ROBERT FRIPP, guitarrista da banda KING CRIMSON, cuja discografia ainda
discutirei aqui no blog.

Robert Fripp O Homem Esquizóide do Século XX

O mesmo para Steve Howe do YES.

Steve Howe O Mago do Prog

KEITH RICHARDS: tá, os Stones já fizeram de tudo, mas quem gosta de rock
progressivo tem de escutar Anybody Seen My Baby, do álbum Bridges To Babylon.
O que é aquilo? Dá até arrepio!

Keith Richards e o Zen Riffismo

Espero que vocês curtam esses links e outras matérias do ZEN GUITARRA. Há
vídeos muito interessantes sobre afinações abertas, técnicas e escalas
exóticas. Tudo isso explicado por um verdadeiro Mestre Zen da guitarra.

Abraços Progressivos!!!
Obrigado por seu apoio.

Tupi

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: